top of page

Não sei se devemos deplorar o absurdo ou nos alegrarmos com ele (2021)

Vídeo

8'

Fotografias: Ana Flávia Marú e Leka Mendes

Sinopse: Assim que começamos a orientar-nos no lugar, nunca mais aquela primeira imagem poderá ser reconstituída.

Senha: goyaz


Sobre: O trabalho em vídeo aproxima dois lugares, o primeiro é o Edifício Parthenon Center construído nos anos 70 em Goiânia como um “símbolo da modernidade” um edifício multifuncional que abriga em seu mezanino o Centro Cultural Octo Marques que conta com a Escola de Artes Visuais, além da escola encontra-se também a Galeria Nazareno dos Reis e Galeria Frei Confaloni. O outro lugar é a Praça Professor Felicíssimo do Espírito Santo localizada em uma das laterais do Parthenon Center. Após a reforma da praça em 2019 a mesma recebeu uma fonte em seu centro, intitulada A Samaritana feita pelo artista e trabalhador da COMURG (Companhia de Urbanização de Goiânia) Billy. Na obra há uma aproximação entre a escultura da praça com outras Samaritanas encontradas no site Web Gallery of Art que reúne mais de 52 mil imagens de pinturas, esculturas e artes gráficas europeias do ano 200 à 1900. O vídeo transita entre planos observacionais desses espaços atravessados com cartelas de textos que tratam da história dos lugares, da memória, da barbárie e da arte.


Exibição: Exposição coletiva 960p | Fonte | Organização: Carla Chaim, Marcelo Amorim e Nino Cais | São Paulo SP

Exposição coletiva Tubo de Ensaio II | Centro Cultural Octo Marques | Curadoria: Adriano Braga e Luiz Mauro | Goiânia GO

Mostra "Cinema em campo: o audiovisual como método de investigação cientifica" Cinema Urbana | Brasilia DF









bottom of page